Emprestar para Ganhar!!! Veja como sua loja pode alavancar as vendas com o modelo de consignação.

O modelo de consignação é uma ótima oportunidade para que as lojas de roupas possam aumentar as suas vendas. Nele, os lojistas permitem que os clientes levem as roupas para experimentar em casa,  já que é assim que muitas pessoas optam por realizar a compra. Depois de decidir, o cliente devolve as peças que não comprará e realiza o pagamento das peças escolhidas.

Nesse sentido, vale ressaltar que, embora seja um sistema de vendas eficiente, é essencial ter o controle de quem está com as peças, bem como saber se determinada peça já foi para o cliente específico e controlar as devoluções das roupas. Afinal, investir no Controle de Consignação é uma forma de não sair no prejuízo e ter todas as informações sobre quais clientes estão com quais peças. Sem isso, é muito provável que o lojista se perca.

Mas, como fazer o Controle de Consignação? Essa é uma das maiores dúvidas dos lojistas do setor de vestuário. Confira nesse post todas as dicas e informações que temos para você sobre o assunto!

Veja abaixo:

• Como fazer o Controle de Consignação de forma segura?

Para não sair no prejuízo, é preciso trabalhar de forma organizada e planejada. Isto é, sobretudo é necessário que você tenha o controle total sobre todas as peças que estão com os mais diversos clientes. Para isso, é essencial que você tenha um sistema de entrada e saída das peças que lhe permita saber quais estão com quem, qual o prazo de devolução e se determinadas peças já foram entregues aos clientes específicos.

Atualmente, há sistemas de gestão que oferecem essa funcionalidade e permitem que você faça um cadastro para cada cliente, no qual você deverá inserir todas as informações sobre as peças, devoluções e vendas. No entanto, caso você não tenha um sistema automatizado em sua loja, você também pode fazer o Controle de Consignação criando planilhas no Excel e colocando todas as informações sobre cada cliente nas colunas específicas.

• O cliente levou as peças de roupa e não pagou. O que fazer?

É comum que alguns clientes levem as peças para experimentar e se esqueçam de devolvê-las no prazo combinado ou simplesmente deixem de efetuar o pagamento em relação às peças que compraram. Daí vem a importância de fazer o Controle de Consignação e fazer um cadastro para cada um desses clientes (leia Qual a importância de manter um bom cadastro de clientes)  e os dados sobre as peças que eles levaram. Para todas as consignações realizadas deve existir uma nota promissória onde o cliente assume o valor das peças que está retirando da loja.

É de extrema importância que a loja não libere grandes volumes de peças para um mesmo cliente por dois motivos:

  1.  Pode defasar o estoque da loja;
  2. Cliente pode não devolver as peças;

Para garantir um processo de consignação seguro, sugerimos que seja estabelecido um limite de valor para cada cliente e conforme esse cliente conquiste a confiança da loja, o mesmo poderá ser ajustado. Esse modelo deve ocorrer da mesma forma que a loja libera limite de crédito para vendas no crediário próprio.

Há duas formas de realizar a consignação:

  • presencial : quando o cliente está na loja e escolhe os produtos que deseja levar para prova ;
  • delivery:  a loja pode realizar a entrega ou enviar um motoboy até a casa do cliente com a sacola,  para isso é importante saber os tamanhos e perfil de compras anteriores como cores e estampas que o cliente já realizou na loja. Um sistema informatizado consegue realizar isso em escala,  garantindo que você não cometa erros ao enviar peças de tamanhos diferentes ou mesmo peças que já foram enviadas anteriormente para o mesmo cliente.

Com essas informações, agora é só colocar a mão na massa e criar seu processo de consignação e desfrutar  dos resultados.

Clique aqui e conheça o Software IDStore especifico para segmento de roupas, calçados e acessórios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *